Tomar Sol é a forma mais eficaz de repor a vitamina D

Category: Notícias Post Date: 12 de setembro de 2018

Tomar Sol é a forma mais eficaz de repor a vitamina D

A insuficiência da vitamina D é mais comum do que se imagina. De início, não há grandes complicações, apenas quando há um tempo prolongado sem ela ou uma carência muito grande. Alguns sintomas se manifestam quando há deficiência de vitamina D, como:

  • Retardo do crescimento nas crianças;
  • Arqueamento das pernas na criança;
  • Alargamento das extremidades dos ossos da perna e dos braços;
  • Atraso no nascimento dos dentes do bebê e cáries desde muito cedo;
  • Osteomalácia ou osteoporose em adultos;
  • Fraqueza nos ossos, que os torna mais fáceis de quebrar, especialmente os ossos da coluna, quadril e pernas;
  • Dor nos músculos;
  • Sensação de fadiga, fraqueza e mal-estar;
  • Dor nos ossos;
  • Espasmos musculares.

A vitamina D é uma substância solúvel em gordura, que pode ser encontrada em alguns alimentos. Porém, a quantidade de vitamina presente nos alimentos é de aproximadamente 10 a 20% da nossa necessidade diária. Sendo assim, o restante é obtido pela exposição solar e/ou com o uso de suplementos. Para prevenir os riscos, é muito importante consumir alimentos ricos em vitamina D, como sardinha e atum em lata, fígado de boi, ovos, iogurte, queijo cheddar, entre outros.

A melhor forma de manter bons níveis de vitamina D, como defende a Organização Mundial da Saúde, é garantir a exposição ao sol – e não é preciso ficar muito tempo debaixo dele. Para pessoas de pele clara, é indicado 20 minutos de exposição por dia. Já pessoas de pele escura, necessitam de pelo menos 1h diária. É sempre importante lembrar do protetor solar e de não exagerar no tempo sob o sol.

Fonte: Tua Saúde/Saúde Abril